FERROVIÁRIA A 90 ANOS – Antonia Rodrigues frequenta a Academia da Ferroviária desde a inauguração há 15 anos

Entrevista, texto e fotos: Jornalista João Paulo Ouverney. Registro MTb 20.087

 

Dona Antonia Lopes Álvares Rodrigues, com 83 anos de idade, é assídua frequentadora da Academia da Ferroviária desde a inauguração em 5 de março de 2005. Sem dúvida, um exemplo de vida e modelo a ser seguida.

Ela nasceu em 24 de dezembro de 1938 em São Paulo (bairro do Braz), filha de Ramon Lopes e Carmem Rodrigues, signo de Capricórnio. Viúva, tem quatro filhos – Roseli, Reinaldo, Rosana e Leonardo –  além de 12 netos e 12 bisnetos e já vai ser tataravó.

Como lazer gosta de televisão, principalmente novelas e programas tipo Sônia Abrão. E torce para o Corinthians. Começou na Academia no primeiro dia, há 15 anos, onde fez yoga, hidroginástica e alongamento, e hoje pratica  musculação todo dia. E seu mérito é ainda maior porque reside em Moreira César (Terra dos Ipês I), distante do clube.

A seguir, Dona Antonia destaca alguns pontos principais: Saúde – A Academia me fez e faz bem 99,99% para o corpo e espírito. Amizades – “Fiz muitos amigos ao longo desse tempo, e vários ainda estão comigo desde o início até hoje. Academia – É muito boa, ótimas instalações, equipamentos de primeira, professores e o coordenador Guto maravilhosos, atendimento 10. Ferroviária – Um clube completo como existem poucos,  que a cada dia fica melhor graças ao trabalho da Gestão 10. Conselho – Frequentem uma Academia, no começo pode ser meio difícil, mas depois se torna uma rotina muito agradável”.

Ela também, como todos os associados, teve que interromper suas atividades devido à pandemia, mas certamente voltará com muita vontade quando a Academia voltar a funcionar.