Ferroviária adiou eleições de 10 conselheiros para o dia 22 de novembro

Devido ao falecimento do Diretor Financeiro Edison Duarte Junior, as eleições que iriam acontecer na Associação Atlética Ferroviária no dia 5 de novembro, para 10 conselheiros e 4 suplentes, foram adiadas. Nesse dia, o presidente do Conselho Deliberativo, José Francisco Monteiro, abriu os trabalhos e em seguida encerrou, declarando o adiamento por motivo de luto.

As novas eleições serão no dia 22 de novembro (quarta-feira), das 16 às 20h, no ginásio de Esportes Tobias Salgado.

A Associação Atlética Ferroviária de Pindamonhangaba vai realizar eleição no dia 22 de novembro de 2017 (quarta-feira) para eleger, em chapa, metade dos Conselheiros Quadrienais (10 Conselheiros) e seus Suplentes (quatro).

Essa eleição será realizada com conformidade com o acordo celebrado entre as partes referente ao processo nº 1001276-53-2015-8-26-0445 (anulação das eleições de 2015).

A eleição será no Ginásio de Esportes Tobias Salgado, no horário das 16 às 20h. Poderão votar somente os associados a partir de um ano de titularidade e que estejam em dia com todas as obrigações estatutárias com o clube.

Uma das chapas concorrentes será a Chapa 10, vencedora das eleições gerais realizadas em abril e que administra o clube atualmente, tendo como presidente Leandro Matos e vice-presidente José César Robinson da Luz.

VEJA TODAS AS INFORMAÇÕES

– Poderá votar todo associado titular inscrito há mais de 1 ano (até 4 de novembro de 2016) e em pleno gozo dos direito estatutários. Conforme determina artigo 22 é proibido o voto por procuração.

– Somente poderão votar os associados Contribuintes (Título Expansão), Contribuintes não titulados, Grande Patrono, Remidos e Beneméritos. Não tendo direito a voto os associados Honorários, Militante Não Associado e Funcionário Não Associado.

– Conforme determina o artigo 34° para poder frequentar qualquer das dependências da Associação, o associado deve estar em dia com o pagamento da taxa de manutenção e em pleno gozo dos seus direitos estatutários, combinado com artigo 27º que diz ser dever do associado pagar em dia a taxa de manutenção.

– Entende-se ainda que estar em pleno gozo do dever estatutário é estar quite com taxa de manutenção, eventual acordo de parcelamento, eventual débito de consumo na lanchonete e qualquer outra obrigação contraída com a Associação.

– Com base nos dispositivos acima, fica determinado que para participar especificamente desta Assembleia Geral:

– O Associado deverá apresentar no ato da habilitação do voto sua CARTEIRA SOCIAL e o Carnê 2017 com a mensalidade MÊS OUTUBRO em dia até o dia 1º de NOVEMBRO de 2017.

– O associado que pagar a mensalidade de outubro após o dia 1º de novembro, seu nome não constará na lista porém é OBRIGATÓRIO a apresentação do recibo original para votar.

– Após a apresentação do Carnê e Carteirinha o mesmo passará por uma Mesa de Conferência, com a presença de um funcionário administrativo e um representante de cada chapa que irão conferir se o nome do associado está na Lista de Associado apto a votar e emitir um protocolo com assinatura e carimbo para retirada da cédula eleitoral.

– Após esse protocolo o associado seguirá para assinatura na Listagem Oficial de Associado apto para votar e em seguida retirar a cédula (assinada no verso por um representante de cada chapa) e votar.